EXCLUSIVO: PARLAMENTAR PETISTA REBATE CRÍTICAS E QUESTIONA ADESÃO DO MUNICÍPIO AO CONSÓRCIO REGIONAL



Ivanildo Fernandes fez questionamentos importantes.

Em contato com o blog na manhã de hoje, o vereador Ivanildo Fernandes (PT) fez alguns questionamentos acerca das colocações realizadas pelo Secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, sobre a adesão do município de Caraúbas/RN ao Consórcio Público Regional de Saneamento Básico do Alto Oeste Potiguar.

Principal nome da oposição no parlamento caraubense, Ivanildo solicitou espaço do blog para rebater as críticas. Confira:

Sobre o Consórcio

Primeiro questionamento que faço: Se o Secretário Keyoshe afirma que esse consórcio foi criado há dois anos, porque somente agora o prefeito enviou para a Câmara o projeto de ratificação deste consórcio e em Regime de Urgência? Entendo que foi exatamente para não haver um amplo debate com a sociedade.

Aproveitamento dos resíduos sólidos

Não é verdade que Caraúbas só teria até agosto de 2012 para resolver o problema dos resíduos sólidos. Na realidade, o Governo Federal deu o prazo até 2014 para os municípios criarem sua política de destino final dos resíduos sólidos e Caraúbas seguer até o momento criou sua Lei Municipal, que deveria anteceder a adesão a qualquer consórcio.

Coleta e geração de emprego

Não existe nenhuma garantia de que a ACRESEA será contratada para fazer a reciclagem do lixo. Isso é balela.

Cobrança da taxa

Acredito que o Secretário não diz a verdade quando afirma " não creio que nenhum prefeito vai cobrar taxa do lixo". Ele omite a verdade pois vai sim existir uma TAXA para o LIXO. Está prevista no Projeto que foi aprovado na Câmara, com um agravante, o Consórcio é quem vai definir o valor a ser cobrado. Nem a equipe gestora sabe no momento quanto vai custar para os nossos munícipes.

Desafio aos Vereadores

Sobre o desafio aos vereadores para elaboração de PROJETO. Talvez por ser leigo, o Secretário desconhece o fato de nenhum vereador poder apresentar projetos que gerem despesas para o município, pois é inconstitucional. Sugerimos que o prefeito convide a UFERSA para participar da elaboração de um Projeto de destino final de resíduos sólidos. Aí sim o Poder Executivo mandaria esse projeto para discutirmos na Câmara e com o povo. Mais falta competência a equipe do prefeito para fazer isso.


Críticas

Até lamento a postura de alguns comunicadores, pois abrem espaço apenas para um dos lados e não permitem que haja esclarecimentos e debates. Não abrem espaço para que seja debatido esse assunto, que é de interesse de toda a população. O governo defende a sua versão e a oposição não tem espaço para questioná-la.


Por MAYKON OLIVEIRA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Postagens do blog com mais visualizações

CATA-ENCONTRO - EM BREVE

Ações da ACRESEA... Além do LIXO.